O Oculus Rift como ferramenta de desenvolvimento?

Oculus Rift
Oculus Rift

Considerando que a minha entrada no mundo do desenvolvimento de software se deve à minha paixão por jogos, devo confessar que estou bastante entusiasmado com o lançamento do Oculus Rift.

Um dos maiores problemas que tenho ao trabalhar em desenvolvimento de software é a quantidade de espaço no ecrã que é necessário para manter um nivel decente de produtividade. Chega a ser frustrante estar a aumentar a resolução do ecrã para conseguir ver mais linhas de código. Chega a uma altura que os olhos já não aguentam.

funny-moment-text-small-close-screen-meme-pics

Trabalhar com 2 ecrãs é praticamente indispensavel para fazer algum trabalho, mas por vezes sinto a falta de 3 ou 4.

Entre janelas para desenvolvimento, ficheiros, browser, consola, debug, base de dados, etc, são várias as coisas que é preciso ter em atenção.

NeedScreenEstate

 

É aqui que o Oculus Rift me parece ser uma solução espetacular para este problema.

Já imaginaram estar num ambiente virtual com uma quantidade infindável de ecrãs?

Já estou a sonhar, colocar como ambiente de fundo uma praia paradisiaca e uns 4 ou 5 ecras a flutuar que me permitem ver todas as janelas de desenvolvimento.

Oculus Rift beach

 

Obviamente, não fui o primeiro a pensar nisto. Já alguém perdeu algum tempo consideravel a fazer uma demo de como este ambiente funcionaria.

 

Melhor ainda, junta-se o oculus rift ao leap motion e temos o Minority Report a funcionar em full effect.

Poder movimentar os ecrãs virtuais com as mãos seria uma adição espetacular.

 

Aloha meus amigos programadores, as possibilidades que se avizinham são sem dúvida interessantes.

ThinkOfPossibilities

(10 formas loucas de usar o Oculus Rift)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *